Suleiman Valy Mamede

VALY MAMEDE, Suleiman, (1937-1995, Lisboa), nascido em Moçambique, jurista de formação, co-fundador e primeiro Presidente da Comunidade Islâmica de Lisboa, jornalista e divulgador da problemática árabe-islâmica em Portugal.

Na então, Metrópole, desde 1960, enquanto membro de um pequeno grupo de estudantes muçulmanos vindos do Ultramar, cedo se apercebeu das dificuldades de ser muçulmano num país católico. Esses problemas só poderiam ser solucionados através da institucionalização deste grupo o que, efectivamente, ocorreu com a criação de Comunidade Islâmica de Lisboa (CIL), de perfil sunita (1968) da qual Suleiman Valy Mamede foi co-fundador e seu primeiro Presidente até 1988. Lançou a revista O Islão, órgão da CIL, em 1968. Esta foi a primeira revista periódica em língua portuguesa dedicada às questões islâmicas, tanto em termos religiosos, como culturais. A CIL desempenhou ainda um papel relevante na integração social e profissional de Muçulmanos vindos do Ultramar na senda da descolonização e no apoio à construção da Mesquita de Lisboa, num terreno cedido pela Câmara Municipal de Lisboa, inaugurada em 1985. Suleiman Valy Mamede foi ainda fundador do Centro Português de Estudos Islâmicos (1988), uma instituição cultural vocacionada para a divulgação e estudo da problemática do Islão.

Como director da ANOP (Agência Noticiosa Portuguesa) e jornalista, Suleiman Valy Mamede teve papel muito importante na divulgação do Islão e da problemática árabe–islâmica junto do publico português, em termos de abordagem pedagógica, versando não só o passado, mas também a complexa actualidade sócio-política.

Foi autor de vários trabalhos: Maomé e o Islamismo (1967a); As fontes do direito muçulmano (1967b); “O XIV Centenário do Alcorão” (1968 a e 1969); Pensamento Islâmico (1968 b); O Islão no Espaço Português (1970a); As Comunidades Muçulmanas de Moçambique (1970b); “O Islão em Portugal na actualidade” (1971); Palestina, drama do nosso tempo (1978); Problemática Árabo-Islâmica. Alguns Estudos (1983); O Islão e o Direito Muçulmano (1994). Publicou ainda uma tradução do Alcorão (1978).

E-M.v.K

 

Bibl.: AMARO MONTEIRO, F. (1989), passim; BERNARDO, L. (2014), pp. 11-13; HERTEL, P. (2012), pp. 137-139, 141; KEMNITZ, E-M. von (1987), pp. 33-34; Idem (2002), pp. 17-18; Idem (2011), p. 126; MACHAQUEIRO M. A. (s/d), passim; Idem (2011), pp. 225-226; Idem (2013), pp. 21, 25-26; “Fundador da Comunidade Islâmica, Sulayman Valy Mamede morre aos 59 anos”, A Capital, 29 de Março de 1995.

Anúncios